19 de ago de 2011

O valor de um amigo



“ Em todo tempo ama o amigo,
e na angústia, nasce o irmão”.

“Nesse tempo, muitos hão de se escandalizar,
trair e odiar uns aos outros…e, por se multiplicar
a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos.”
(Mt 24.10 e 12)

Um dos elementos que mais aquece e apascenta o meu coração se chama: um amigo. Uma pessoa carregada de valores, sentimentos e construções interiores que, ainda que se identifique comigo em várias questões, permanecerá única e diferente de mim, em muitas outras coisas.
Fantástico isso….

Dois universos que se ajustam harmoniosamente… e que por se relacionarem entre si, vão sendo profundamente enriquecidos pelas histórias pessoais compartilhadas, sem medo de ser feliz.

Pelas crises e conquistas, desgastes e restaurações, perdas e ganhos, vão aprendendo a superar todas as coisas juntos, um com o outro, um pelo outro.

Fantástico…

Duas flechas polidas, polindo-se.
Duas flechas polidas traçando seu caminho próprio, sem perder a direção e o senso de destino particular a cada um… sem perder a linha de chegada, nem a identidade.

Um amigo não precisa pensar sempre igual a mim,
Não precisa sentir sempre igual a mim,
Não precisa concordar sempre comigo.
Pelo contrário! Ainda bem!!

Porque, se um amigo revelar outro modo de pensar e encarar uma realidade, então terei minha visão ampliada…

Se um amigo abrir seus sentimentos sem esconder sua verdade, então, serei enriquecida…

Se um amigo discordar de mim, e até mesmo discutirmos com honestidade e respeito nossos pontos de vista, então, sairei deste confronto mais quebrantada e mais curada, mais humilde e mais fiel, mais situada na realidade da vida.
E a força de nossa amizade será maior.
Seremos mais amigos, certamente.

Preciso ser confrontada, porque quero ser cada vez mais curada.
Preciso ser quebrantada, porque quero ser uma pessoa melhor, e crescer.
Preciso e quero, muito, mas muito mesmo, aprender, e aprender, e aprender…

E ser ferida pela lealdade de um amor sincero e verdadeiro,
E ser amada pelos mais fiéis amigos,
Que têm a coragem de “rasgar o verbo” comigo… sendo docemente firmes por amor a mim, cujo interesse genuíno é seguramente me ajudarem a não me perder nos enganos mais sutis desta nossa jornada, nas vaidades por dentro e por fora de nós e nas propostas aparentemente maravilhosas que possam querer me desviar do centro e do cumprimento do chamado de Deus para mim.

Por absoluta graça e misericórdia de Deus, eu tenho encontrado amigos assim… São valiosos demais para mim…valiosos demais…
Não se vendem, nem se podem ser comprados…

São pérolas do céu…são consoladores ungidos…são instrumentos do Deus Vivo para mim. Que poderia eu fazer para retribuir-lhes este amor, esta real lealdade e esta aprovada fidelidade?

Peço, de coração, que o meu Precioso Amado e Senhor de mim – o Senhor Jesus – me capacite cem por cento de forma sobrenatural para amá-los – sim, com Seu amor! – como precisam ser amados. E, por isso, sejam saciados nEle e poderosamente abençoados nEle.

Que o meu Querido Senhor me dê uma unção para fazer amigos, e muito mais unção ainda para permanecermos amigos fiéis até o fim.

Que o Senhor de minha vida entre bem na minha frente e os abençoe, e faça o Seu rosto brilhar sobre eles…e sejamos consolidados nestes laços entranháveis de misericórdia, de verdade.

Afinal, “O amigo sabe o nível das batalhas que nós temos,
O amigo fica junto e permanece assim, de pé,
Conhecendo as nossas crises e nos sustentando em fé”.

É desse jeito que meus amigos são.
É desse jeito que quero sempre ser.
“Se precisar de um amigo, olha pra dentro de mim”…

Com amor sincero e verdadeiro, em Cristo,
Pastora Ludmila Ferber


5 de ago de 2011

Testemunho do Pierre


Embora tenha pouco tempo que recebeu Jesus como Senhor, possui amplo conhecimento de Deus. É um jovem convertido apaixonado por Jesus. Não há como se relacionar com ele e não conhecer Jesus de maneira mais íntima. Me influência com sua vontade de buscar ao Senhor com profundidade. Me motiva!

Pierre é um bom discípulo. É ensinável e humilde de espírito. Um forte candidato a profeta, se já não é... Sensível a voz do Espírito Santo. Sempre compartilha revelações do Senhor. Usa seu quarto como um monte pra falar com Deus. É transparente, busca viver na luz não deixando que o pecado firme suas raízes.

É um cara que vive o melhor da vida como qualquer outro de sua idade. Curte futebol (assisti e jogar), adora jogos eletrônicos, como vídeo game e fliperama, praia enfim... Embora acreditemos que seu hobby preferido seja dormir (kKk). Porém não se esquece do Senhor nesses dias de juventude.

Esse jovem não cede às pressões que sofre dos amigos em relação a emprego, namoro, “ministério” enfim... Busca a vontade soberana de Deus pra sua vida. Tem entregado seu caminho ao Senhor e confiado nEle de forma a entender que tudo o mais fará o Senhor.

Pierre é amigo. Sempre podemos contar com ele, embora tenha defeitos como todos. Alguém fácil de fazer amizade. Um amigo no dia a dia e irmão em tempos de angústia.

Pierre é sem dúvida um exemplo a ser seguido. Encaixa-se perfeitamente no que disse o Apóstolo Paulo a Timóteo: Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza.

Persiste em ler, exortar e ensinar, até que eu vá.” [1ª Tm 4:12].

Prossiga, não desista! Porque, sem dúvida alguma, vai valer a pena!

Por APC Leandro (Diácono e Líder de Adolescentes)